O conteúdo continua Rei

O conteúdo continua Rei

Peça central dos melhores planos de comunicação, o conteúdo é um ativo essencial para as estratégias de marketing digital 

Existe uma frase muito popular que os profissionais de marketing gostam de usar quando falam sobre seu trabalho. “Conteúdo é Rei” é uma frase cunhada pelo magnata Bill Gates, fundador da Microsoft. Foi em janeiro de 1996 que o americano desenvolvedor de software escreveu um artigo intitulado “Content is King”. No decorrer do texto, ele afirmou que o conteúdo seria responsável por movimentar grande parte do “dinheiro real” na internet. Mais de 20 anos após essa publicação, a visão de Bill Gates não poderia ser mais condizente com a realidade do ambiente virtual. 

O advento das mídias sociais provocou mudanças estruturais no funcionamento da sociedade como um todo. Antes do surgimento da Internet, na perspectiva da comunicação empresarial, o planejamento de marketing baseava-se, principalmente, nas propagandas de massas. Peças publicitárias televisivas, impressas ou no formato de rádio constituíam as estratégias centrais de promoção das marcas. Este modelo de propaganda visava, exclusivamente, vender os produtos e serviços da empresa, se valendo de elementos gráficos e sonoros para captar a atenção das pessoas, conduzindo-as à ação da compra. Recentemente, a presença massiva de pessoas no ambiente virtual alterou as regras do jogo.  

Conteúdo é crucial no Inbound Marketing 

A metodologia do Inbound Marketing consiste em um método de crescimento orientado pela construção de relacionamentos significativos e duradouros com clientes por meio da elaboração de conteúdos relevantes. As conversões marcam um ponto crítico na jornada de cada comprador, onde uma ação desejada é realizada, como uma venda, por exemplo. Isso significa que a preparação para essa ação foi bem-sucedida, e as chances de conseguir fidelizar o cliente crescem. Além disso, para que as conversões realmente tenham efeito, é preciso criar fluxos de trabalho claros para que as próximas etapas sejam projetadas para o lead

É claro que o conteúdo tem um papel em cada uma dessas etapas. Ele precisa ser consistente e fornecer uma sensação de marca coesa para aqueles que interagem com ele. Isso significa que o conteúdo precisa ser estilizado de uma maneira específica, com uma linguagem condizente com o público-alvo pretendido. Os tipos de conteúdo que apoiam a jornada do comprador incluem informações em sites e mídias sociais, postagens em blogs, e-mails e assim por diante. As conexões construídas com as bases de clientes podem ter um efeito direto sobre a ocorrência ou não de conversões. 

Características principais de um conteúdo de qualidade 

A veracidade, legibilidade e formatação são premissas básicas do conteúdo de qualidade. Textos com erros gramaticais e mal formatados podem gerar uma repercussão negativa, de forma que a credibilidade do negócio ou da pessoa seja prejudicada. Além disso, verificar as informações presentes no conteúdo antes de publicá-lo é essencial, uma vez que veicular informações falsas pode resultar em consequências sérias. Em alguns casos, o perfil da publicação pode até ser suspenso ou excluído permanentemente. 

Para além dos critérios citados acima, o conteúdo de qualidade é, sobretudo, relevante. Isso significa que é preciso ter um conhecimento aprofundado do público-alvo, de modo que a linguagem do texto seja atrativa e não tediosa. E não só isso: o conteúdo deve estar intimamente conectado aos interesses das pessoas que o consumirão. Logo, um conteúdo de alta qualidade é aquele que contêm informações relevantes para a audiência, aumentando o potencial engajador daquela publicação. 

Hoje, mais do que nunca, a comunicação das organizações precisa se adequar às especificidades de cada plataforma virtual. O conteúdo segue como a coroa, moldando as estratégias de marketing digital das empresas dos mais diferentes campos de atuação. O fato é que a presença numerosa de usuários no ambiente virtual transformou o universo da comunicação permanentemente. Seja para a fomentação das políticas institucionais, para construção de autoridade profissional, ou para competição no âmbito mercadológico, o conteúdo continua Rei. 

Lucca Prioste é Produtor de Conteúdo na IDEIACOMM. 

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS