Regras de Assessoria de Imprensa: existem ou não?

O trabalho do assessor de imprensa não possui uma fórmula previamente definida, mas alguns direcionamentos podem apoiar no dia a dia

Para a execução de diversas atividades, em várias áreas, estamos acostumados a seguir regras e normas à risca, buscando obter sucesso e, em alguns casos, padronizar os processos. Existem profissões que necessitam adotar um passo a passo. Já parou para pensar o quão caótico seria se um engenheiro, por exemplo, pulasse duas regras durante o projeto de uma construção?

Em nossa publicação da semana passada, explicamos o que é assessoria de imprensa e porque ter um serviço como esse em sua empresa. Agora, vamos abordar os impasses que vivemos na prática, que acabam levantando a questão se realmente temos de aplicar regras em nossas operações ou se somos inteiramente livres para criar métodos e inovar.

Diferentemente de atuações na área de exatas, a assessoria de imprensa está ligada diretamente ao Jornalismo e Relações Públicas, duas profissões da área de humanas. Não temos fórmulas para seguir e devemos aproveitar ao máximo as oportunidades que surgem. Mas fica claro que precisamos desenvolver soft skills para serem aplicadas em cada situação do nosso dia a dia.

As principais regras

Aqui, é importante falarmos sobre o básico: a principal regra de assessoria de imprensa é entender o core business do cliente e conhecer a fundo os veículos de comunicação. Pode parecer óbvio, mas em nenhum momento vamos aplicar uma fórmula que nos guiará até o caminho desejado. Por isso, domine cada informação sobre os negócios da empresa atendida.

• Trabalhe com um mailing previamente estruturado: ao conhecer seu cliente, não dê um passo largo e envie notícias para veículos de áreas totalmente diferentes. Tire um tempo para estruturar um mailing com mídias que falem sobre os negócios do mesmo setor de atuação da empresa. Se seu cliente é da área de TI, por exemplo, não perca tempo colocando veículos que falam exclusivamente sobre Turismo em seu mailing;

• Saiba identificar o viés noticioso: algumas pautas, na verdade, não são tão aderentes à mídia quanto podem parecer. Procure um gancho noticioso no assunto e, caso não encontre, busque outras angulações que façam sentido para determinado tema;

• Traduza do “tecniquês”: pensando no leitor final, é importante saber adequar a linguagem e dialogar de acordo com cada público. Alguns termos muito técnicos podem ser evitados ou substituídos por uma linguagem mais fluida. É importante ter definido quem são as personas-alvo da comunicação, mas também é necessário trabalhar com abordagens e linguagens diversificadas.

Aplicação em outras situações

Cada assessoria de imprensa atua de uma forma. Sendo assim, é interessante apostar em agências que trabalham com nichos, ou seja, são especializadas em assuntos específicos e semelhantes. Dessa forma, os profissionais apresentam um background mais estruturado para cada área de atuação, de acordo com os negócios do cliente atendido.

Neste contexto, as “regras” de assessoria de imprensa podem mudar completamente de nicho para nicho. Outro ponto que deve ser mencionado é o gerenciamento de crise, principalmente quando este serviço é a especialidade de determinada empresa. Como existem outras áreas envolvidas para driblar questões relacionadas à imagem, o passo a passo também muda por completo.

Abaixo, listo algumas regras para lidar com estes casos:

1. Formalize um setor de prevenção de crise;

2. Estruture notas bem concisas e divulgue-as o quanto antes;

3. Seja ágil para retornar os jornalistas;

4. Busque reconhecer e encontrar soluções ao problema central;

5. Não demore para começar a tomar atitudes;

6. Selecione os melhores canais para divulgar as primeiras informações;

7. Caso envolva outras pessoas, identifique a principal vítima e preste o suporte necessário;

8. Tenha um manual de conduta desenvolvido previamente;

9. Siga as normas previstas pelo manual e oriente cada funcionário a ter em mente quais são essas normas;

10. Não tente esconder o problema e seja claro com a mídia.

Conheça seu ambiente de trabalho

Por fim, destaco a importância de estar atento a tudo o que acontece dentro da assessoria de imprensa. Conheça muito bem o ambiente e verifique quais são as normas adotadas pela empresa. Cada organização tem uma forma de pensar em estratégias e lidar com demandas do dia a dia.

Por mais óbvio que pareça, vista a camisa e não deixe de conhecer tudo sobre seu trabalho!

Bianca Bispo é Assessora de Imprensa na IDEIACOMM.

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS