Press Release: o que não fazer

Press Release: o que não fazer

O trabalho via mídia espontânea é de suma importância às empresas, mas algumas inserções nos press releases precisam ser reavaliadas

O Press Release é um formato textual que compõe uma das grandes estratégias das assessorias de imprensa, como apoio principal para a negociação de determinada pauta. Funciona como uma matéria jornalística, comunicando às redações algum fato interessante da empresa ou marca em questão. Para se ter uma ideia, segundo dados divulgados pelo Sword and the Script em uma pesquisa com jornalistas de todo o globo, 63% dos entrevistados comentaram que os press releases eram o veículo preferido de transmissão de notícias.

Dessa forma, o lide jornalístico precisa estar presente no press release e se mostra fundamental para que a notícia seja assertiva. Logo, é importante que seis perguntas sejam respondidas, sendo elas:

1) O quê?

2) Quem?

3) Quando?

4) Onde?

5) Como?

6) Por quê?

No entanto, é importante lembrarmos que nem todo assunto corporativo é notícia. E é neste quesito que o assessor de imprensa precisa saber exatamente o que não fazer durante a produção de seu press release, para que os esforços do time de comunicação não sejam em vão. Claro, é importante que a empresa assessorada esteja sempre em evidência na mídia, mas com assuntos que contribuam com seu mercado de atuação como um todo.

O que não devemos fazer em nossos Press Releases?

A cada novo dia, as redações jornalísticas estão com mais e mais demandas, fazendo com que as pautas ofertadas precisem ser mais certeiras e chamativas. Portanto, podemos nos guiar por alguns princípios durante a produção do release:

  • Entenda o que é notícia e o que não é

Saber avaliar o gancho noticioso da pauta é fundamental. A notícia pode ser categorizada como uma informação que apresenta um acontecimento novo com impacto na sociedade, que seja recente. Sendo assim, tem como objetivo informar fatos.

  • Não tente vender algo de forma velada

Complementando o tópico anterior, na comunicação B2B, é importante entender que utilizar o press release para vender um produto não é um caminho de sucesso. A assessoria de imprensa não tem este objetivo e insistir em veicular pautas com marketing ou publicidade velada pode ser um caminho fadado ao fracasso.

  • Não se estenda muito no conteúdo

Ser objetivo é de suma importância no trabalho de assessoria de imprensa. No caso da produção de press releases, não é recomendado que o conteúdo tenha muitas páginas e se alongue por muitos parágrafos. Caso precise produzir um texto mais aprofundado, vale a pena buscar outros formatos, como o artigo de opinião ou entrevistas, por exemplo, além de apostar em conteúdos audiovisuais, para que não fique muito cansativo.

  • Não esqueça os números

Para finalizar, não podemos esquecer que um ponto sempre questionado pelos jornalistas é o dado que envolve determinada pauta. Por isso, levantar números expressivos é uma estratégia bem-vinda, que chama atenção das redações e tem mais chances de virar uma matéria.

Bianca Bispo é Líder de Assessoria de Imprensa na IDEIACOMM.

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS