O conceito de Hard News e seus reflexos para a seleção de pautas

Hard News

Como um dos braços jornalísticos mais recorrentes, a noção de Hard News conversa com a temporalidade dos fatos, expondo a urgência para que determinadas pautas sejam trabalhadas.

O jornalismo é uma área cuja abrangência se configura em setores, práticas e contextos diversificados. Até pela dimensão de sua complexidade, oferece uma série de termos utilizados pelos profissionais, a fim de organizar e caracterizar métodos rotineiros. Para o campo de notícias, o conceito de Hard News é, sem dúvidas, um dos mais aplicados. E, também, afeta diretamente os serviços de Assessoria de Imprensa.

O que faz um acontecimento ser noticioso? Geralmente, sua relevância pública. Entretanto, existe outro aspecto fundamental que impacta de forma decisiva a recepção e o nível de engajamento das informações divulgadas: o tempo.

Em tradução direta, Hard News significa “notícias difíceis”, mas sua aplicabilidade é muito mais direcionada para o momento em si, bem como a agilidade em divulgar determinado conteúdo. A notícia que acaba de acontecer, amanhã talvez não tenha a mesma aderência junto ao público. Em contrapartida, pautas frias, que não se apoiam na temporalidade do relato, podem ser trabalhadas independentemente de datas ou cronogramas.

Hard News é o jornalismo em tempo real

Uma matéria fria, por exemplo, mesmo se for lida após meses de sua publicação, ainda fará sentido. Trata-se de uma modalidade segura e, em diversos casos, surge como a opção mais adequada para o jornalista. O Hard News é o fato pulsante, aquecido, que se conecta à informação momentânea. Um evento, coberturas especiais, novidades que estão sujeitas ao dinamismo do tempo, todo e qualquer material que perderá completamente sua função após um longo período se encaixa no formato proposto.

Por outro lado, a tendência é de que o interesse em temas quentes seja potencializado, justamente, pelo senso de urgência da pauta em questão. É importante enfatizar que isso não é sinônimo de uma linguagem relaxada ou com falta de qualidade jornalística. Em nenhum cenário a rapidez deve ser encarada como um impeditivo para levantar temáticas relevantes, de modo responsável e atento aos detalhes.

Seguindo essa linha de pensamento, os desafios existem, de fato. O poder de observância somado à transcrição exata do acontecimento são condições que não se podem abrir mão. Sob a perspectiva do jornalista, fica exposta a necessidade de se manter sempre em prontidão.

Se levarmos o contexto para a Assessoria de Imprensa, a premissa é parecida. A empresa, ao contratar uma agência especializada, passará a contar com a expertise de uma equipe capacitada para tipificar os fatos e divulgá-los da melhor maneira possível. Eventos, cases, entrevistas, resultados e artigos, todos esses formatos estão sujeitos à interpretação temporal – e ser criterioso quanto a esse quesito faz total diferença para a conquista de resultados satisfatórios.

Fábio Oliveira é Produtor de Conteúdo na IDEIACOMM.

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS