O básico também precisa ser dito: os princípios do design

Por uma composição efetiva e que converse com o usuário, alguns pilares devem ser pautados por Designers

Os princípios básicos do design são elementos essenciais que guiam o processo criativo na elaboração de qualquer projeto visual. Eles são fundamentais para alcançar um resultado visual atraente e eficaz, ajudando a organizar e dar estrutura aos elementos de design, tornando-os mais compreensíveis para o público.

Neste artigo, exploraremos os quatro princípios básicos do design: hierarquia, contraste, proximidade e repetição. Com isto, você vai organizar as informações e fazer o seu design ser entendido, além de esteticamente agradável.

Os quatro princípios básicos do design

Hierarquia: É a organização visual dos elementos em uma composição, destacando a importância de cada um deles. É de suma importância estabelecer uma hierarquia clara e de fácil compreensão, aumentando e diminuindo a ênfase entre informações mais e menos importantes. Aqui, é de suma importância seguir a lógica das prioridades, se você tem muitas, na realidade, você não tem nenhuma. Por exemplo: O título principal de um criativo pode ser maior e ter um efeito de texto, se diferenciando do texto do corpo.

Contraste: É a diferença entre os elementos que os tornam distintos e perceptíveis, o contraste ajuda a criar áreas de destaque, direcionando melhor a atenção do leitor para o mais importante, facilitando a diferenciação entre um ou mais elementos. Por exemplo: O botão de chamada para ação (CTA) pode ser destacado através do uso de uma cor diferente em contraste com o restante do design, tornando-o mais visível.

Proximidade: Se refere à organização dos elementos em uma composição. Agrupar elementos relacionados próximos uns aos outros ajuda a criar uma conexão visual e textual, facilitando a compreensão do conteúdo sem deixar pontas soltas. E por estarem próximos, tendem a ser vistos como complemento de ideias. Por exemplo: Em um post para redes sociais, é comum agrupar elementos como título e subtítulo próximos um ao outro para complementar as informações facilmente.

Repetição: A repetição envolve o uso de elementos iguais ou semelhantes ao longo de uma composição, criando e fortalecendo a sensação de harmonia e unidade, reforçando também a identidade visual. Por exemplo: Se a rede social de uma empresa apresenta uma determinada cor e tipografia é importante repetir esses elementos em outros materiais para manter uma identidade visual coesa e marcante.

Ao aplicar esses quatro princípios básicos do design – hierarquia, contraste, proximidade e repetição – em uma composição, você cria peças mais coesas, eficazes e atraentes, que comunicam de forma clara e envolvente o seu objetivo ao público.

Vale ressaltar que um princípio acompanha o outro e se complementam, dando sentido ao material que está sendo criado, direcionando o leitor para as informações principais e em muitos casos instigando-os a acompanhar, consumir ou comprar determinado produto ou serviço por conta da sua composição. Isso ajuda também a tornar o seu design visualmente organizado e fácil de ser compreendido.

Portanto, para finalizar, é fundamental considerar e aplicar esses princípios na criação de qualquer material, seja ele físico ou digital.

*Talitha Lima é Designer na IDEIACOMM.

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS