Principais métricas no universo de Assessoria de Imprensa

Principais métricas no universo de Assessoria de Imprensa

A Assessoria de Imprensa mostra-se fundamental para a comunicação B2B e algumas métricas precisam ser consideradas

Para o trabalho de Assessoria de Imprensa (AI), algumas métricas são importantes para entender o alcance da estratégia e os resultados obtidos. Diferentemente de muitos casos, neste segmento, algumas formas de mensurar processos acabam não sendo tão simples, como é o caso do próprio ROI, o “Retorno sobre Investimento”, uma vez que este serviço de comunicação requer um trabalho mais detalhado, pautado em credibilidade e seguindo as particularidades de cada negócio – avaliando como podem ser levadas à imprensa.

Neste cenário, vale o destaque a uma métrica que muitas vezes pode ser vista positivamente, mas, na verdade, acaba não sendo tão interessante: a quantidade de repercussões de determinada pauta. Dependendo do caso, um único resultado em um veículo altamente estratégico para o cliente pode valer muito mais do que inúmeras repercussões em canais fora do nicho, que não dialogam com o público-alvo do assunto em questão. Por isso, é válido pontuar que essa métrica, apesar de ainda ser muito difundida, pode não significar nada. A qualidade deve sempre se sobressair à quantidade.

Dessa forma, pensando principalmente na comunicação B2B, como principais métricas em Assessoria de Imprensa, podemos destacar:

  • Alcance do veículo de comunicação: muito embora as pageviews (visualizações por página) sejam um número extremamente pertinente para demonstrar a relevância do veículo, também é necessário avaliar, por exemplo, o perfil do público-alvo que consome as notícias daquele determinado canal. Logo, os dados de alcance do veículo são fundamentais para que o assessor de imprensa consiga compreender qual é o impacto que a pauta emplacada poderá ter, levando, assim, uma métrica rica ao seu cliente;
  • Qualidade das interações: observar comentários, curtidas e outras formas de interatividade com o público do canal noticioso mostra-se uma métrica relevante até mesmo para entender o quão certeiro foi o conteúdo produzido e publicado. Com isso, é possível observar lacunas na comunicação e definir pautas cada vez melhores, com informações que agreguem valor ao cliente, imprensa e leitor;
  • Marketing de influência: no caso do trabalho com influenciadores digitais e formadores de opinião, as métricas do marketing também são interessantes para acompanhar os resultados de determinada ação. Assim, ao utilizar recursos como press kits, é importante observar o retorno das publicações que envolve, por exemplo, quantas vezes a empresa foi citada e marcada nas redes sociais do influenciador e o que foi mencionado nas publicações. É necessário lembrar que, do outro lado, estão profissionais capacitados que podem, sim, acabar não publicando de forma orgânica e optarem por enviar o mídia kit com orçamentos para aquela campanha;
  • Para além do veículo: estabelecer uma convergência de ações entre diferentes áreas da comunicação é uma estratégia sempre bem-vinda, uma vez que resultados positivos podem ser obtidos. Sendo assim, ao obter um resultado por meio da mídia espontânea, replicá-lo nas redes sociais pensando de forma estratégica é uma métrica que faz parte do universo de Assessoria de Imprensa. Neste caso, não somente nas redes sociais da empresa que teve sua notícia divulgada, mas nas redes, também, do veículo de comunicação, que podem possuir um grande alcance em diferentes frentes.

Portanto, mensurar o trabalho de Assessoria de Imprensa apenas por meio de números dificilmente trará as respostas esperadas. Algumas métricas, por fim, nem fazem tanto sentido em termos de assertividade deste pilar da comunicação, já que estreitar relacionamento com jornalistas, estabelecer uma estratégia coesa e com credibilidade, além de posicionar determinada empresa como especialista em seu nicho de mercado são as ações mais relevantes no universo de AI.

Certamente, a reputação da empresa e toda a construção de sua marca na mídia são pontos-chave para uma comunicação bem estabelecida.

Bianca Bispo é Assessora de Imprensa na IDEIACOMM.

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS