O dilema da Assessoria de Imprensa: encontrando o equilíbrio entre clientes e estratégias 

Como a colaboração eficaz e a expertise mútua moldam o sucesso na construção da imagem pública. 

A frase “o cliente sempre tem razão” é um lema comumente ouvido em muitos setores de negócios, mas será que ela se aplica de maneira universal à Assessoria de Imprensa? Neste artigo, exploraremos essa questão complexa e examinaremos como a dinâmica entre clientes e assessores de imprensa pode impactar a eficácia do trabalho realizado. 

A Assessoria de Imprensa é uma área altamente especializada, na qual profissionais trabalham incansavelmente para construir e manter a imagem pública de uma empresa, organização ou figura pública. É uma parceria estratégica entre o cliente e o assessor de imprensa, que tem como objetivo gerar cobertura positiva nos meios de comunicação e garantir que a mensagem certa chegue ao público-alvo. 

Nesse contexto, a confiança e a colaboração são cruciais. O cliente, geralmente, é aquele que possui informações-chave sobre a empresa ou causa que precisa ser promovida. O assessor de imprensa, por sua vez, traz a expertise necessária para transformar essas informações em notícias atraentes para os veículos de comunicação. É uma relação de trabalho próxima, na qual o sucesso depende da comunicação aberta e da compreensão mútua. 

Desafios da supremacia do cliente 

Embora o ditado “o cliente sempre tem razão” possa fazer sentido em muitos contextos de negócios, na Assessoria de Imprensa, essa afirmação precisa ser ponderada. Aqui estão algumas razões pelas quais essa abordagem unilateral pode ser problemática: 

Assessores de imprensa são especialistas em comunicação e entendem como as notícias são moldadas e distribuídas. Muitas vezes, os clientes podem ter ideias preconcebidas sobre o que é melhor para eles, mas essas ideias podem não se alinhar com as práticas e estratégias de relações públicas eficazes. 

O cliente pode ter uma visão limitada sobre quem é seu público-alvo e o que realmente ressoa com eles. O assessor de imprensa, por meio de pesquisa e análise, pode fornecer insights valiosos sobre como direcionar a mensagem de forma mais eficaz. 

Manter a consistência da mensagem é fundamental para a construção da reputação de uma organização. Um assessor de imprensa experiente pode ajudar a garantir que todas as comunicações estejam alinhadas com a estratégia de relações públicas. 

O Equilíbrio Ideal 

Em vez de adotar cegamente a ideia de que “o cliente sempre tem razão”, a abordagem mais eficaz na Assessoria de Imprensa é aquela baseada na colaboração e no respeito mútuo. Aqui estão algumas diretrizes para encontrar o equilíbrio ideal: 

1. Comunicação Aberta 

A comunicação franca e aberta entre o cliente e o assessor de imprensa é essencial. Ambas as partes devem estar dispostas a ouvir e considerar as ideias uns dos outros. 

2. Confiança Mútua 

Construir uma relação de confiança é fundamental. O cliente deve confiar na expertise do assessor de imprensa, enquanto o assessor deve demonstrar respeito pela visão e objetivos do cliente. 

3. Foco no Objetivo Comum 

Ambas as partes devem manter o foco no objetivo comum: construir e proteger a imagem pública do cliente. Isso significa estar disposto a adaptar estratégias e abordagens conforme necessário. 

A afirmação de que “o cliente sempre tem razão” pode não ser totalmente aplicável na Assessoria de Imprensa, onde a expertise e a experiência do assessor desempenham um papel fundamental na obtenção de resultados bem-sucedidos. Em vez de adotar uma abordagem unilateral, a colaboração, a comunicação aberta e o respeito mútuo são os alicerces para uma parceria eficaz entre cliente e assessor de imprensa. Quando ambas as partes trabalham juntas em direção a objetivos comuns, os resultados tendem a ser mais bem-sucedidos e duradouros. 

*Victória Profirio é Coordenadora de PR na IDEIACOMM. 

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS