A escrita criativa e credibilidade em Assessoria de Imprensa

A escrita criativa e credibilidade em Assessoria de Imprensa

Criatividade é um ponto vital para o planejamento de Assessoria de Imprensa, mas acima de tudo está a credibilidade que, alinhada à escrita criativa, potencializa a comunicação como um todo

O trabalho na área de comunicação demanda um repertório vasto e conhecimento direcionado de acordo com o nicho de atuação da própria empresa ou, no caso das agências, de clientes. Em Assessoria de Imprensa (AI), a criatividade e até mesmo a curiosidade são pontos vitais, tendo em vista a importância de estar por dentro das principais notícias do mercado e sempre ir atrás do novo.

A criatividade não é um dom exclusivo a algumas pessoas, conforme explica Roger Beaty, pós-doutor em Neurociência Cognitiva na Universidade de Harvard e um dos cientistas que realizou um estudo sobre o assunto com 163 pessoas. Segundo ele, todos possuem essa característica de alguma forma, seja em maior ou menor fração. Claro, cada rede neural funciona de uma forma, mas, aplicando o conceito aos profissionais de comunicação, trazer a criatividade à rotina é fundamental para colher bons resultados.

Certamente, terão dias nos quais o esforço criativo fluirá de forma mais tímida. Porém, o importante é respeitar os limites e entender em quais momentos uma ideia nova pode ser contribuída e como ela se aplicará no planejamento estratégico. Uma sugestão de conteúdo, por exemplo, pode não dialogar diretamente com a persona da empresa, fugindo daquilo que é esperado; por isso, estude muito sobre o assunto antes de seguir com qualquer produção. Ainda sobre os recursos criativos, Roger Beaty, pesquisador citado anteriormente, comentou ainda que o cérebro pode ser possivelmente treinado e direcionado à criatividade. “O treinamento em diferentes campos, como a escrita criativa, pode funcionar – em parte – para melhorar a conectividade neural dentro de uma mesma rede”.

A aplicação da criatividade em AI

Independentemente do nicho de atuação, trazer aspectos criativos à produção de conteúdo impulsiona a imagem das empresas e possibilita uma abordagem diferenciada se comparada aos demais players do mercado. Dessa forma, ao conteudista, consumir formatos diversificados mostra-se um caminho essencial. Aposte muito na leitura sobre assuntos variados, assista a séries e filmes e busque por temas que não são de seu domínio. Atividades realizadas no momento de lazer agregam um conhecimento rico no ambiente de trabalho e, para aqueles que atuam diretamente com comunicação, trazem ideias novas aplicadas tanto internamente quanto com clientes.

Em Assessoria de Imprensa, pautas que possuem um gancho curioso, que despertem a atenção dos jornalistas, têm mais chances de se destacar dependendo do viés noticioso. Para empresas que estão inseridas em mercados muito formais, busque explorar temáticas diferentes, mas que estejam relacionadas ao negócio central da companhia e que dialogue com as personas. É importante explicitar aos clientes a relevância de assuntos modernos, condizentes com o que está sendo pautado pela mídia. Abordagens interessantes e temas diferentes são o caminho ideal para conseguir atingir novos veículos de comunicação e difundir a marca pela imprensa.

Credibilidade está acima de tudo

Os pontos acima detalhados mostram como a criatividade pode potencializar o trabalho de AI, mas a credibilidade deve estar acima de qualquer estratégia. Estabeleça uma comunicação transparente, com informações previamente apuradas, pautadas no respeito e sinceridade. Evite o famoso “clickbait” – que investe no sensacionalismo e não se preocupa com conteúdo de valor – e construa uma imagem e reputação sólidas no mercado.

De acordo com a Reuters, 74% das pessoas atestam as notícias lidas em portais nos quais confiam, sendo que 54% destas verificam essas informações em mais de uma fonte. Além disso, a grande maioria, 87%, vê com maus olhos anúncios em sites associados a notícias falsas. Dessa forma, a teoria e a prática devem estar alinhadas ao estabelecer uma imagem de credibilidade, tendo em vista que apenas o discurso não vale, é preciso agir.

A escrita criativa precisa estar alinhada aos propósitos corporativos, que, por sua vez, não devem se blindar às novas ideias. Para conseguir um espaço midiático ou estratégias comunicacionais que tenham impacto no público-alvo, o entendimento quanto à variedade de formatos e assuntos que podem ser tratados é primordial. O mercado é dinâmico e o papel da Assessoria de Imprensa também. Sair da mesmice e investir em uma nova linguagem e abordagem, em suma, pode ser o pontapé inicial para uma comunicação mais adequada ao cenário atual, que só tem espaço para companhias credíveis. Quantas oportunidades estão sendo deixadas de lado por sua empresa?

Bianca Bispo é Assessora de Imprensa na IDEIACOMM.

Compartilhe este conteúdo

Talvez essas publicações também te interessem!

ÚLTIMOS CONTEÚDOS

Categorias

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS